Google reembolsa vítimas de app “homeopática”

A Google vai reembolsar quem comprou a aplicação Virus Shield e atribuir um crédito de 5 dólares para gastar noutras compras da loja de aplicações Google Play. A aplicação Virus Shield, que se apresentava como uma ferramenta de anti-malware, custava 3,99 dólares e chegou a estar no Top de downloads do Google Play com uma classificação de 4,7 (numa escala de 5 estrelas), rendendo 40.000 dólares ao criador da aplicação em apenas uma semana. Na realidade, a aplicação não passava de um “placebo” e não oferecia qualquer protecção ao smartphone. A única coisa que fazia era alterar uma imagem alusiva do estado de protecção de um “X” para um “certo” aquando da activação.

Aplicação Virus Shield na Google Play. Via Android Police.

Aplicação Virus Shield na Google Play. Via Android Police.

Um paralelismo com certas práticas das terapias alternativas vem de imediato à mente. Tal como uma vacina homeopática, a aplicação apenas dava aos utilizadores uma falsa sensação de segurança, o que potencialmente acabava por os expor a mais riscos. E tal como um comprimido de açúcar caro que “funciona” melhor do que um comprimido de açúcar barato, não seria surpreendente se o próprio preço da aplicação tivesse tido um papel decisivo no seu sucesso meteórico, isto porque existe a expectativa de que uma aplicação cara é melhor e mais segura do que uma aplicação barata ou até gratuita.

Mais informação:

Anúncios